A autobiografia de Fidel Castro
  • Páginas: 624
  • ISBN: 9788544105115
  • 1.ª edição: 2017-04-01

O premiado jornalista e escritor Norberto Fuentes já foi um revolucionário com acesso privilegiado ao círculo mais íntimo de Fidel Castro, durante os anos mais desafiadores da Revolução Cubana. Mas, no final dos anos 1990, quando o regime começou a mandar os seus velhos camaradas para o paredão, ele se tornou "o homem que sabia demais". Escapou de uma sentença de morte e, vivendo no exílio, escreveu uma brilhante, satírica e cativante "autobiografia" do líder cubano. Utilizando a mesma linguagem arrogante e sedutora de Fidel, o livro discute desde as primeiras experiências sexuais de Castro, passando por seus verdadeiros sentimentos por Che Guevara, à sua filosofia sobre temas como assassinato, legado e segredos de Estado. Aclamado pela crítica, Fuentes já foi chamado de "correspondente cubano de Norman Mailer". Esta "autobiografia", perversamente divertida e verdadeira, é tão imaginativa e exagerada quanto o próprio Castro.