Guia Politicamente Incorreto da Filosofia
  • Páginas: 224
  • ISBN: 9788580444384
  • 1.ª edição: 2012-04-01

Não importa o quanto você acha que é bom, leitor. Você não é. Separar o lixo reciclável, chamar um negro de não caucasiano e não rir das piadas preconceituosas daquele amigo que, no fundo, tem mais caráter que você, não te torna uma pessoa boa. Na verdade, te transforma em um chato com fortes tendências autoritárias. No terceiro livro da coleção Politicamente Incorreto, o filósofo Luiz Felipe Pondé desbrava, com a ironia costumeira, a história do politicamente correto através do pensamento de grandes filósofos, como Nietzsche, Darwin e o escritor Nelson Rodrigues, entre muitos outros. O Guia Politicamente Incorreto da Filosofia não é um livro sobre a história da filosofia, mas sim um ensaio sobre a filosofia do cotidiano. Dividido por temas, a obra aborda assuntos como capitalismo, religião, mulheres, instintos humanos, preconceito, felicidade e covardia. Para os defensores do politicamente correto, tudo é justificado dizendo que você é pobre, gay, negro, índio, ou seja, algumas das vítimas sociais do mundo contemporâneo. Não se trata de dizer que não há sofrimento na história de tais grupos, mas sim dos exageros do politicamente correto em querer fazer deles os proprietários do monopólio do sofrimento e da capacidade de salvar o mundo. O mundo não tem salvação!